Deputado nacional propõe adoção como alternativa ao aborto na Argentina

Buenos Aires, 31 Mai. 12 / 12:02 pm (ACI/EWTN Noticias)

Alfredo Olmedo, deputado nacional pela província de Salta da Argentina, propôs uma lei de adoção para permitir às mães gestantes tentadas de abortar, dar seus filhos às famílias que desejam acolhê-los.

Em meio da controvérsia pela falha da Corte Suprema que despenalizou os abortos em casos de estupro, o legislador anunciou que expôs “uma Lei de Adoção desde o ventre da mãe, para aquelas mães que estão grávidas, em vez de ter um aborto que é uma pena de morte de um nascituro (…), se anotem em um banco de dados”.

“Há milhares de famílias esperando seus filhos, que os relacione uns com outros e o dia que nasça o bebê a mãe escolhe se fica com o filho ou se o dá em adoção. Se o der em adoção o que estou brigando é que a adoção seja plena no primeiro mês”, assinalou numa entrevista difundida no dia 28 de maio pelo site Generaccion.com

Declarado católico, Olmedo criticou que os promotores do aborto falem de direitos humanos quando “o primeiro direito é a vida, não a morte”. Indicou que a mulher tem direitos, “mas a partir do momento que fica grávida a vida já não é mais dela, a vida é dessa criança e essa criança não tem dono”.





Livros Recomendados

No Coração da IgrejaFé, Oração, Ousadia.40 Dias para a Restauração da Família

Apoia-se: Seja um apoiador da Bíblia Católica Online.

Comentários no Facebook:

comments

Veja tambem  Questionando os Protestantes – I

Anteriores

Jesus filho de Davi. Mas segundo Santa Maria ou São José?

Próximo

Andy García: Filme Cristiada é para todos, não é preciso ser católico para vê-lo

  1. Tereza

    Concordo com esse Deputado ,se a mãe não quizer a criança dê em adoção! Tem tantas famílias que gostariam de ter um filho e não podem conceber .E que ficariam muito felizes de receber esta criança!

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén