61 – A Resposta Católica: “Por que o Deus do Antigo Testamento é tão sanguinário?”

Fonte: Christo Nihil Praeponere

Como explicar ao homem moderno, cada vez mais inserido na cultura do “faça amor, não faça a guerra” e do politicamente correto, a existência nas Sagradas Escrituras de tantas passagens obscuras e difíceis por causa da violência e imoralidade nelas referidas?

Quem responde é o Papa Bento XVI, na exortação apostólica “Verbum Domini”, quando diz que “a revelação adapta-se ao nível cultural e moral de épocas antigas”, assim, as passagens que causam espanto devem ser lidas também em seu contexto histórico e sob a ótica da pedagogia divina.

Neste episódio da Resposta Católica, saberemos qual o ponto de convergência entre o Antigo e o Novo Testamento e como a Palavra se cumpre e floresce mesmo com tanto sangue derramado.




Comentários no Facebook:

comments

Veja tambem  Não podemos ser cristãos apenas às vezes, devemos sê-lo em todos os momentos, ensina o Papa

Anteriores

Missa da noite de Natal. Solenidade do Natal do Senhor. Homilia do Santo Padre Bento XVI

Próximo

As doutrinas mutantes das Testemunhas de Jeová

  1. Este vídeo vem nos mostrar que Deus não é violento, sanguinário e monstro como se parece ser. É preciso que nós humanos peçamos sempre a Deus que nos dê o discernimento e sabedoria para que compreendamos as palavras do Antigo Testamento, pois se continuarmos a ver através da visão humana não demorará para que a nossa fé em Deus não aumente mais. Fico maravilhado em saber que mesmo através da nossa cegueira espiritual, Deus continua nos amando infinitamente.

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén