1. A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:

2. filho do homem, dize ao príncipe de Tiro: Eis o que diz o Senhor Javé: Teu coração elevou-se; tu disseste: sou um deus assentado sobre um trono divino no coração do mar. Quando não passas de um homem e não és um deus, tu te julgas em teu coração igual a Deus.

3. Sem dúvida, eis-te mais sábio que Daniel, nenhum mistério te é obscuro.

4. É por tua sutil inteligência que adquiriste bens, e cumulaste ouro e prata em teus tesouros.

5. Por tua grande habilidade comercial tens aumentado as tuas riquezas, e teu coração se ensoberbeceu.

6. Por causa disso, eis o que diz o Senhor Javé: já que em teu coração te julgas igual a Deus,

7. farei vir contra ti os estrangeiros, os mais brutais de todos os povos, que tirarão a espada contra os esplendores de tua sabedoria, e empanarão o teu brilho.

8. Far-te-ão descer à fossa, morrerás como um decapitado no coração do mar.

9. Dirás ainda diante do algoz: sou um deus, quando tu não és senão um homem (e não um deus) nas mãos do teu assassino?

10. Morrerás da morte de um incircunciso, sob os golpes do estrangeiro, sou eu que o digo - oráculo do Senhor Javé.



1. A palavra do Senhor foi-me dirigida nestes termos:

2. filho do homem, dize ao príncipe de Tiro: Eis o que diz o Senhor Javé: Teu coração elevou-se; tu disseste: sou um deus assentado sobre um trono divino no coração do mar. Quando não passas de um homem e não és um deus, tu te julgas em teu coração igual a Deus.

3. Sem dúvida, eis-te mais sábio que Daniel, nenhum mistério te é obscuro.

4. É por tua sutil inteligência que adquiriste bens, e cumulaste ouro e prata em teus tesouros.

5. Por tua grande habilidade comercial tens aumentado as tuas riquezas, e teu coração se ensoberbeceu.

6. Por causa disso, eis o que diz o Senhor Javé: já que em teu coração te julgas igual a Deus,

7. farei vir contra ti os estrangeiros, os mais brutais de todos os povos, que tirarão a espada contra os esplendores de tua sabedoria, e empanarão o teu brilho.

8. Far-te-ão descer à fossa, morrerás como um decapitado no coração do mar.

9. Dirás ainda diante do algoz: sou um deus, quando tu não és senão um homem (e não um deus) nas mãos do teu assassino?

10. Morrerás da morte de um incircunciso, sob os golpes do estrangeiro, sou eu que o digo - oráculo do Senhor Javé.



23. Jesus disse então aos seus discípulos: Em verdade vos declaro: é difícil para um rico entrar no Reino dos céus!

24. Eu vos repito: é mais fácil um camelo passar pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino de Deus.

25. A estas palavras seus discípulos, pasmados, perguntaram: Quem poderá então salvar-se?

26. Jesus olhou para eles e disse: Aos homens isto é impossível, mas a Deus tudo é possível.

27. Pedro então, tomando a palavra, disse-lhe: Eis que deixamos tudo para te seguir. Que haverá então para nós?

28. Respondeu Jesus: Em verdade vos declaro: no dia da renovação do mundo, quando o Filho do Homem estiver sentado no trono da glória, vós, que me haveis seguido, estareis sentados em doze tronos para julgar as doze tribos de Israel.

29. E todo aquele que por minha causa deixar irmãos, irmãs, pai, mãe, mulher, filhos, terras ou casa receberá o cêntuplo e possuirá a vida eterna.

30. Muitos dos primeiros serão os últimos e muitos dos últimos serão os primeiros.





“Faltar com a caridade¨¦ como ferir a pupila dos olhos de Deus.” São Padre Pio de Pietrelcina

Newsletter

Receba as novidades, artigos e noticias deste portal.