Cumprir a lei equivale a muitas oferendas,
ser fiel aos mandamentos é um sacrifício de salvação.
Dar graças é uma oblação de flor de farinha
e a esmola é um sacrifício de louvor.
O que mais agrada ao Senhor é desviar-se do mal, afastar-se da injustiça é um sacrifício de expiação.
Não te apresentes diante do Senhor de mãos vazias,
todos estes sacrifícios se oferecem porque são mandados por Deus.
A oferenda do justo enriquece o altar e o seu agradável perfume sobe à presença do Altíssimo.
O sacrifício do justo é agradável ao Senhor e o seu memorial não será esquecido.
Dá glória ao Senhor com generosidade e não sejas mesquinho nas primícias que ofereces.
Em todas as tuas oferendas mostra um rosto alegre e consagra o dízimo de boa vontade.
Dá ao Altíssimo conforme Ele te deu, com generosidade, segundo as tuas posses.
Porque o Senhor sabe retribuir e te dará sete vezes mais.
Não tentes suborná-l’O com presentes, porque não os aceitará.
Nem confies num sacrifício injusto, porque o Senhor é juiz e não faz aceção de pessoas.



Reuni os meus fiéis,
que selaram a minha aliança com um sacrifício.
Os céus proclamam a sua justiça:
o próprio Deus vem julgar.
Ouve, meu povo, que Eu vou falar,
contra ti vou testemunhar:
Não é pelos sacrifícios que Eu te repreendo,
os teus holocaustos estão sempre na minha presença.
Oferece a Deus sacrifícios de louvor
e cumpre os votos feitos ao Altíssimo.
Honra-Me quem Me oferece um sacrifício de louvor,
a quem segue o caminho reto darei a salvação de Deus.



Naquele tempo, Pedro começou a dizer a Jesus: «Vê como nós deixámos tudo para Te seguir».
Jesus respondeu: «Em verdade vos digo: Todo aquele que tiver deixado casa, irmãos, irmãs, mãe, pai, filhos ou terras, por minha causa e por causa do Evangelho,
receberá cem vezes mais, já neste mundo, em casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e terras, juntamente com perseguições, e, no mundo futuro, a vida eterna.
Muitos dos primeiros serão os últimos e muitos dos últimos serão os primeiros».



Estas doutrinas [sociais da Igreja] poderiam diminuir a distância que o orgulho se compraz em manter entre ricos e pobres, mas a simples amizade é ainda muito pouco: quando se obedece aos preceitos do cristianismo, é no amor fraterno que se opera a união. Em qualquer dos casos, sabe-se e compreende-se que todos os homens têm origem em Deus, seu Pai comum; que Deus é o seu fim único e comum, e que só Ele  é capaz de comunicar aos anjos e aos homens uma felicidade perfeita e absoluta. Todos eles foram igualmente resgatados por Jesus Cristo e restabelecidos por Ele na sua dignidade de filhos de Deus, e assim um verdadeiro laço de fraternidade os une, quer entre eles, quer a Cristo, seu Senhor que é «o primogénito de muitos irmãos» (Rom 8,29). Saberão enfim que todos os bens da natureza, todos os tesouros da graça, pertencem em comum e indistintamente a todo o género humano, e que só os indignos são deserdados dos bens celestes: «Se sois filhos, sois também herdeiros: herdeiros de Deus, co-herdeiros de Jesus Cristo» (Rom 8,17).





“As almas não são oferecidas como dom; compram-se. Vós ignorais quanto custaram a Jesus. É sempre com a mesma moeda que é preciso pagá-las”. São Padre Pio de Pietrelcina

Newsletter

Get news, articles and news from this portal.