31. Os Milagres de Jesus

  1. JESUS ACALMA UMA TEMPESTADE NO MAR
    Certo dia, Jesus estava na margem do lago de Genesaré e entrou numa barca juntamente com seus discípulos. E eis que formou-se uma violente tempestade no mar e as ondas cobriram a barca.
    Mas Jesus estava dormindo. Então os discípulos se aproximaram dele e despertaram-no, dizendo: "Senhor, salvai-nos pois afundaremos".
    Jesus disse-lhes: "Por que tendes medo, homens de pouca fé?". Levantando-se, mandou o vento e o mar se acalmarem e no mesmo instante tudo ficou em bonança.
    Admirados, os discípulos diziam: "Quem é este a quem até o vento e o mar obedecem?".

  2. JESUS MULTIPLICA OS PÃES
    Num dia em que muita gente estava reunida à sua volta, Jesus disse aos discípulos: "Onde poderemos comprar comida para toda esta gente?". Um deles respondeu: "Temos aqui um menino que tem cinco pães de cevada e dois peixes. Mas o que é isso para tamanha multidão?".
    Jesus disse: "Dizei ao povo para que se sente". Todos se sentaram. Eram quase cinco mil homens, sem contar mulheres e crianças. Então Jesus tomou os cinco pães, deu graças e mandou-os distribuir à multidão. Fez o mesmo com os peixes. E todos comeram o quanto quiseram.
    Estando todos saciados, Jesus disse aos discípulos: "Recolham o que sobrou, para nada seja desperdiçado". Eles juntaram tudo e encheram doze cestos.

  3. JESUS CURA O SERVO DO CENTURIÃO
    Certo dia, um centurião foi encontrar Jesus e disse-lhe: "Senhor, tenho em casa um criado com paralisia, que está com muitas dores".
    Jesus disse-lhe: "Eu vou lá curá-lo". O centurião respondeu: "Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha casa, mas dizei uma só palavra e meu servo ficará curado".
    Então Jesus disse: "Vai e faça-se como crês". Nessa mesma hora, o criado ficou curado.

  4. JESUS CURA UM SURDO-MUDO
    Certo dia, levaram a Jesus um homem surdo-mudo e pediram a Jesus que lhe impusesse as mãos. Jesus colocou seus dedos nos ouvidos do surdo-mudo e também colocou saliva na língua dele. Depois, levantou os olhos ao céu e disse: "Abri-vos!". E logo o surdo-mudo ficou curado.

  5. JESUS CURA UM LEPROSO
    Certa vez, um leproso prostrou-se diante de Jesus e disse-lhe: "Senhor, se vós quiserdes, podeis curar-me". Jesus, estendendo a mão, tocou-o e disse: "Quero! Sê curado". E logo ficou curado da sua lepra. Jesus disse-lhe então: "Vai agora mostrar-te ao sacerdote e apresenta a oferta prescrita por Moisés".

  6. JESUS CURA UM CEGO
    Doutra vez, chegando Jesus perto de uma cidade, um cego esta sentado à beira do caminho, pedindo esmola. Disseram-lhe que Jesus ia passar por ali e ele começou a gritar: "Jesus, tende piedade de mim". Jesus perguntou-lhe: "O que queres que eu faça?". O cego respondeu: "Fazei que eu venha a enxergar". Jesus disse-lhe: "Vê! A tua fé te salvou!". Imediatamente o cego passou a ver e acompanhou Jesus, glorificando a Deus.

  7. JESUS RESSUSCITA UM JOVEM
    Jesus chegou a uma cidade chamada Naím, acompanhado pelos discípulos e uma grande multidão. Às portas da cidade, encontrou um morto que era levado para o cemitério. Era o filho único de uma pobre viúva. Muitas pessoas da cidade acompanhavam o enterro.
    Ao ver a mãe, Jesus comoveu-se e disse-lhe: "Não chores". Depois, aproximou-se e tocou no caixão. Os que o carregavam pararam. Jesus disse ao morto: "Jovem, eu te ordeno: levanta-te". O morto levantou-se e começou a falar e Jesus o entregou à sua mãe.
    À vista deste espetáculo, todos ficaram cheios de temor e glorificaram a Deus, dizendo: "Grande profeta surgiu entre nós e Deus visitou o seu povo".

  8. JESUS RESSUSCITA LÁZARO
    Um amigo de Jesus, chamado Lázaro, adoecera em Betânia. Suas irmãs, Marta e Maria, mandaram dizer a Jesus: "Senhor, aquele que amais está enfêrmo". Tendo recebido esta mensagem, Jesus ficou ainda dois dias no lugar onde estava. Depois, disse aos discípulos: "Nosso amigo Lázaro dorme, mas despertá-lo-ei do sono". Os discípulos disseram: "Senhor, se ele dorme, está salvo". Então Jesus disse-lhes claramente: "Lázaro morreu e eu, por amor a vós, alegro-me de não ter estado lá, para que acrediteis. Mas vamos encontrá-lo".
    Quando Jesus chegou, Lázaro estava no túmulo há quatro dias. Marta saiu-lhe ao encontro e disse: "Senhor, se tivésseis estado aqui antes, meu irmão não teria morrido". Respondeu-lhe Jesus: "Teu irmão ressuscitará". Disse-lhe Marta: "Eu sei que ele ressuscitará no último dia". Disse-lhe Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que esteja morto, viverá. E todo o que vive e crê em mim, não morrerá eternamente. Crês nisto?". Ela respondeu: "Sim, Senhor. Eu creio que vós sois o Cristo, Filho do Deus Vivo que veio a este mundo".
    Então Jesus se dirigiu ao sepulcro: era uma gruta que tinha uma pedra fechando-lhe a abertura. Jesus disse: "Tirai a pedra". Marta observou: "Senhor, já tem mau cheiro porque ele está aí há quatro dias". Jesus respondeu: "Se creres, verás brilhar a glória de Deus". Tiraram a pedra e Jesus bradou em alta voz: "Lázaro, sai daí". E, imediatamente, o que estivera morto saiu, com os pés e mãos amarrados por ataduras e com o rosto envolto num sudário. Jesus disse então: "Desatai-o e deixai-o ir".
    Muitos judeus, testemunhas deste milagre, creram em Jesus.



“O Senhor se comunica conosco à medida que nos libertamos do nosso apego aos sentidos, que sacrificamos nossa vontade própria e que edificamos nossa vida na humildade.” São Padre Pio de Pietrelcina

Newsletter

Receba as novidades, artigos e noticias deste portal.