aaaaa

Encontrados 25 resultados para: devorou

  • Vamos, matemo-lo e atiremo-lo numa cisterna; diremos depois que uma fera o devorou; e então veremos de que lhe aproveitaram os seus sonhos.” (Gênesis 37, 20)

  • Jacó reconheceu-a e exclamou: “É a túnica de meu filho! Uma fera o devorou! José foi estraçalhado!” (Gênesis 37, 33)

  • Saiu um fogo de diante do Senhor que devorou no altar o holocausto e as gorduras. Vendo isso, todo o povo soltou gritos de júbilo e prostrou-se com a face por terra. (Levítico 9, 24)

  • Saiu, então, um fogo de diante do Senhor que os devorou, e morreram diante do Senhor. (Levítico 10, 2)

  • O povo pôs-se a murmurar amargamente aos ouvidos do Senhor. O Senhor, ouvindo isso, irou-se: o fogo do Senhor acendeu-se entre eles e devorou a extremidade do acampamento. (Números 11, 1)

  • e, abrindo sua boca, os devorou com toda a sua família, todos os seus bens e todos os homens de Coré. (Números 16, 32)

  • Saiu um fogo de junto do Senhor e devorou os duzentos e cinqüenta homens que ofereciam o incenso. (Números 16, 35)

  • Porque um fogo saiu de Hesebon, uma chama, da cidade de Seon, e devorou Ar-Moab e os Baal das alturas do Arnon. (Números 21, 28)

  • A terra, abrindo sua boca, engoliu-os com Coré, enquanto o seu grupo perecia pelo fogo que devorou os duzentos e cinqüenta homens. Isso serviu de exemplo. (Números 26, 10)

  • Elias respondeu: Se sou um homem de Deus, venha fogo do céu e vos devore, a ti e aos teus cinqüenta homens. E o fogo, caindo do céu, devorou o chefe e seus cinqüenta homens. (II Reis 1, 10)

  • Se sou um homem de Deus, respondeu Elias, venha fogo do céu e te devore com os teus cinqüenta homens. E o fogo, caindo do céu, devorou o chefe e seus cinqüenta homens. (II Reis 1, 12)

  • Veio fogo do céu e devorou os dois primeiros chefes; mas, agora, que minha vida tenha algum valor aos teus olhos! (II Reis 1, 14)

“A natureza humana também quer a sua parte. Até Maria, Mãe de Jesus, que sabia que por meio de Sua morte a humanidade seria redimida, chorou e sofreu – e como sofreu!” São Padre Pio de Pietrelcina