Santo Agostinho, ponto de união entre católicos e ortodoxos, afirma Papa

Palavras a um Simpósio Intercristão

CIDADE DO VATICANO, quarta-feira, 2 de setembro de 2009 (ZENIT.org).- Bento XVI se dirigiu nesta quarta-feira, ao concluir a audiência geral, a um grupo composto por católicos e ortodoxos, a quem desejou que a reflexão comum sobre Santo Agostinho ajude no diálogo ecumênico.

O Papa, grande admirador do santo de Hipona, dirigiu-se aos participantes do Simpósio Intercristão promovido pela Pontifícia Universidade Antonianum e pela Universidade Aristoteles de Tessalônica.

O Santo Padre desejou “que a reflexão comum entre católicos e ortodoxos sobre a figura de Santo Agostinho possa reforçar o caminho para a comunhão plena”.




Comentários no Facebook:

comments

Anteriores

"Caritas in veritate" tem boa acolhida entre protestantes evangélicos

Próximo

Coração do homem sem Deus, “verdadeiro deserto”, segundo Papa

  1. Jose Ramos de Farias

    Bom dia

    Gostaria de receber artigos que fala sobre a vida de Santo Agastim.

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén