O bispo de Springfield (EUA), Dom Paprocki,  teve uma ingrata surpresa em sua diocese, uma mulher tentou ser ordenada sacerdotisa.

Segundo o portal Catholic Vote, o bispo caridosamente avisou a pretensa sacerdotisa que não tentasse ser ordenada e quais riscos ela corria, mas ela não o deu ouvidos.

A pretensa sacerdotisa em questão, Mary F. Keldermans, tentou ser ordenada na Congregação Abraham Lincoln Unitarian em Springfield, no dia 5 de Maio. Contudo, tudo o que ela conseguiu foi uma excomunhão latae sententiae por ter ferido a matéria de um sacramento, desobedecido o bispo local e o Santo Padre, enganado o povo de Deus e ter feito do sagrado rito da ordem uma profanação.

AR-140419782

Devido a gravidade de seu ato, a revogação da excomunhão de Mary é reservada somente a Santa Sé, como explicou o próprio bispo em seu decreto de excomunhão.

O nobre bispo, como legitimo sucessor dos apóstolos, embora triste pelo ocorrido, teve a coragem de não apenas denunciar a profanação do ato de Mary, mas notifica-la e promulgar sua excomunhão. De forma que toda sua diocese já sabe o ocorrido e as chances de Mary enganar o povo de Deus com simulações de sacramento.

Recentemente o Santo padre, o Papa Francisco também excomungou uma senhora por motivo próximo.

Embora triste a noticia de uma filha da Santa Igreja ter se perdido, devemos nos alegrar que ainda exista pastores que querem conduzir o povo de Deus para o Céu.

Dom Paprocki terminou sua notificação com uma singela observação.

PS: Você não é um sacerdote, saudações Dom Paprocki.




Comentários no Facebook:

comments