Quem é a Pedra: Jesus ou Pedro?

Jesus e Pedro

Por Karl Keating
Fonte: Veritatis Splendor

O diálogo a seguir ilustra muito bem um debate entre um católico e um protestante quando este argumenta que a “Pedra” citada por Jesus em Mt 16,18 jamais poderia referir-se a Pedro, mas sim ao próprio Jesus, uma vez que as Sagradas Escrituras em muitas passagens identifica Jesus como a “rocha”, a “pedra angular”.

Antes de apresentar o diálogo, a Barca de Jesus observa que embora na maioria das passagens bíblicas “pedra” ou “rocha” realmente se refira a Jesus, existem exceções. O próprio Jesus que disse ser a “Luz do Mundo” (Jo 8,12) disse aos apóstolos que também eles deveriam ser “Luz do Mundo” (Mt 5,13). Além da passagem de Mt 16,18 onde a “pedra” referida não se trata de Jesus, como veremos claramente no diálogo abaixo, temos também, por exemplo, Is 51,1-2 (a “pedra” é Abraão) e 1Pd 2, 4-5 (“pedras vivas” é Jesus e também são os cristãos).

O fato de Jesus aplicar a Pedro uma figura que a Bíblia exaustivamente aplica a Jesus, bem mostra a intenção de Jesus em fazer de Pedro um representante de Cristo na terra. O que, por sinal, Ele confirmou explicitamente ao dar autoridade a Pedro não apenas de ligar e desligar na terra, mas também no Céu. Vamos, então, ao diálogo:

Protestante:

Em grego, a palavra para pedra é petra, que significa uma rocha grande e maciça. A palavra usada como nome para Simão, por sua vez, é petros, que significa uma pedra pequena, uma pedrinha.

Católico:

Na verdade, todo este discurso é falso. Como sabem os conhecedores de grego (mesmo os não católicos), as palavras petros e petra eram sinônimos no grego do primeiro século. Elas significaram “pequena pedra” e “grande rocha” em uma velha poesia grega, séculos antes da vinda de Cristo, mas esta distinção já havia desaparecido no tempo em que o Evangelho de São Mateus foi traduzido para o grego. A diferença de significados existe, apenas, no grego ático, mas o NT foi escrito em grego Koiné – um dialeto totalmente diferente. E, no grego koiné, tanto petros quanto petra significam “rocha”. Se Jesus quisesse chamar Simão de “pedrinha”, usaria o termo lithos. (para a admissão deste fato por um estudioso protestante, veja D. Carson, The expositors Bible Commentary [Grand Rapids: Zondervan, 1984], Frank E. Gaebelein, ed., 8: 368).

Veja tambem  Por que o Brasil é católico?

Porém, ignorando a explicação, insiste o protestante:

Vocês, católicos, por desconhecerem o grego, pensam que Jesus comparava Pedro à rocha. Na verdade, é justamente o contrário. Ele os contrastava. De um lado, a rocha sobre a qual a Igreja seria construída: o próprio Jesus (“e sobre esta PETRA edificarei a Minha Igreja”). De outro, esta mera pedrinha (“Simão tu és PETROS”). Jesus queria dizer que ele mesmo seria o fundamento da Igreja, e que Simão não estava sequer remotamente qualificado para isto.

Católico:

Concordo que devemos ir do português para o grego. Mas, com certeza, você concordará que, igualmente, devemos ir do grego para o aramaico. Como você sabe, esta foi a língua falada por Jesus, pelos apóstolos e por todos os judeus da Palestina. Era a língua corrente da região.

Muitos, talvez a maioria, soubessem grego, pois esta era a língua franca do Mediterrâneo. A língua da cultura e do comércio. A maioria dos livros do NT foi escrita em grego, pois não visavam apenas os cristãos da Palestina, mas de outros lugares como Roma, Alexandria e Antioquia, onde o aramaico não era falado.

Sabemos que Jesus falava aramaico devido a algumas de suas palavras que nos foram preservadas pelos Evangelhos. Veja Mt 27,46, onde ele diz na cruz, “Eli, Eli, Lama Sabachtani”. Isto não é grego, mas aramaico, e significa, “meu Deus, meu Deus, porque me abandonaste?”

E tem mais: nas epístolas gregas de S. Paulo (por 4 vezes em Gálatas e outras 4 vezes em 1Coríntios), preservou-se a forma aramaica do novo nome de Simão. Em nossas bíblias, aparece como Cefas. Isto não é grego, mas uma transliteração do aramaico Kepha (traduzido por Kephas na forma helenística).

Veja tambem  O Papa: Deus se fez homem para curar tudo o que nos separa dele

E o que significa Kepha? Uma pedra grande e maciça, o mesmíssimo que petra. A palavra aramaica para uma pequena pedra ou pedrinha é evna. O que Jesus disse a Simão em Mt 16,18 foi “tu és Kepha e sobre esta kepha construirei minha igreja.”

Quando se conhece o que Jesus disse em aramaico, percebe-se que ele comparava Simão à rocha; não os estava contrastando. Podemos ver isto, vividamente, em algumas versões modernas da bíblia em inglês, nas quais este versículo é traduzido da seguinte forma: ‘You are Rock, and upon this rock I will build my church’. Em francês, sempre se usou apenas pierre tanto para o novo nome de Simão, quanto para a rocha.

Protestante:

Se kepha significa petra, porque a versão grega não traz “tu és Petra e sobre esta petra edificarei a minha Igreja”? Por que, para o novo nome de Simão, Mateus usa o grego Petros que possui um significado diferente do petra?

Católico:

Porque não havia escolha. Grego e aramaico têm diferentes estruturas gramaticais. Em aramaico, pode-se usar kepha nas duas partes de Mt 16,18. Em grego, encontramos um problema derivado do fato de que, nesta língua, os substantivos possuem terminações diferentes para cada gênero.

Existem substantivos femininos, masculinos e neutros. A palavra grega petra é feminina. Pode-se usá-la na segunda parte do texto sem problemas. Mas não se pode usá-la como o novo nome de Simão, porque não se pode dar, a um homem, um nome feminino. Há que se masculinizar a terminação do nome. Fazendo-o, temos Petros, palavra já existente e que também significava rocha. (Obs da Barca de Jesus: Estrutura semelhante ocorre na língua portuguesa: Pedro e pedra.)

Veja tambem  Mártires lembram que Cristo é Pessoa viva e concreta, afirma Bento XVI

Por certo, é uma tradução imperfeita do aramaico; perdeu-se parte do jogo de palavras. Mas, em grego, era o melhor que poderia ser feito.

Além da evidência gramatical, a estrutura da narração não permite uma diminuição do papel de Pedro na Igreja. Veja a forma na qual se estruturou o texto de Mt 16,15-19. Jesus não diz: “Bendito és tu, Simão. Pois não foi nem a carne nem o sangue que te revelou este mistério, mas meu Pai, que está nos céus. Por isto, eu te digo: és uma pedrinha insignificante, e sobre a rocha edificarei a minha Igreja. … Eu te darei as chaves do reino dos céus.”

Ao contrário, Jesus abençoa Pedro triplamente, inclusive com o dom das chaves do reino, mas não mina a sua autoridade. Isto seria contrariar o contexto. Jesus coloca Pedro como uma forma de comandante ou primeiro ministro abaixo do Rei dos Reis, dando-lhe as chaves do Reino. Como em Is 22,22, os reis, no AT, apontavam um comandante para os servir em posição de grande autoridade, para governar sobre os habitantes do reino. Jesus cita quase que verbalmente esta passagem de Isaías, o que torna claríssimo aquilo que Ele tinha em mente. Ele elevou Pedro como a figura de um pai na família dos cristãos (Is 22,21), para guiar o rebanho (Jo 21,15-17). Esta autoridade era passada de um homem para outro através dos tempos pela entrega das chaves, que se usavam sobre os ombros em sinal de autoridade. Da mesma forma, a autoridade de Pedro foi transmitida, nestes dois mil anos, através do papado.




Comentários no Facebook:

comments

Anteriores

Primeiro-ministro deplora aborto seletivo de meninas na Índia

Próximo

Mateus

42 Comentários

  1. GLICERIO DE SOUSA JA

    Jesus chamava Pedro de Petros ou de Khefas, pronunciava em grego ou em Aramaico?

    "E eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; e eu te darei as chaves do reino dos Céus: e tudo o que desatares sobre a terra, será desatado também nos céus." (Mt. 16, 18)

    Como isso é claro e positivo! Jesus Cristo muda o nome de Simão, em pedra (aramaico: Kephas, significa pedra e pedro, numa única palavra, como em francês Pierre é o nome de uma pessoa e o nome do minério pedra).

    Deus fez diversas vezes tais mudanças, para que o nome exprimisse o papel especial que deve representar a pessoa. Assim mudou o nome de Abrão em Abraão (Gn 17, 5), para exprimir que devia ser o pai de muitos povos.

    Mudou ainda o nome de Jacob em Israel (Gn 32, 28) para significar a "força contra Deus". Assim Jesus Cristo mudou o nome de Simão em Pedro, sobre a qual estará fundada a Igreja, sendo o seu construtor o próprio Cristo.

    Em todo o trecho em que Nosso Senhor confirma S. Pedro como primeiro Papa, fica evidente que Ele se dirige, exclusivamente, a S. Pedro, sem um mínimo desvio: "Eu te digo… Tu és Pedro… Sobre esta pedra edificarei… Eu te darei… O que desatares…"

    S. Pedro é a pessoa a quem tudo é dirigido … é ele o centro de todo este texto.

    Esse ponto é muito importante, pois a interpretação truncada dos protestantes quer admitir o absurdo de que Nosso Senhor não sabia se exprimir corretamente. Eles dizem que Cristo queria dizer: "Simão, tu és pedra, mas não edificarei sobre ti a minha Igreja, por que não és pedra, senão sobre mim." Ora, é uma contradição, pois Nosso Senhor alterou o nome de Simão para "Kephas", deixando claro quem seria a "pedra" visível de Sua Igreja.

    do site Lepanto.

  2. GLICERIO DE SOUSA JA

    Jesus chamava Pedro de Petros ou de Khefas, pronunciava em grego ou em Aramaico?
    "E eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela; e eu te darei as chaves do reino dos Céus: e tudo o que desatares sobre a terra, será desatado também nos céus." (Mt. 16, 18)

    Como isso é claro e positivo! Jesus Cristo muda o nome de Simão, em pedra (aramaico: Kephas, significa pedra e pedro, numa única palavra, como em francês Pierre é o nome de uma pessoa e o nome do minério pedra).

    Deus fez diversas vezes tais mudanças, para que o nome exprimisse o papel especial que deve representar a pessoa. Assim mudou o nome de Abrão em Abraão (Gn 17, 5), para exprimir que devia ser o pai de muitos povos.

    Mudou ainda o nome de Jacob em Israel (Gn 32, 28) para significar a "força contra Deus". Assim Jesus Cristo mudou o nome de Simão em Pedro, sobre a qual estará fundada a Igreja, sendo o seu construtor o próprio Cristo.

    Em todo o trecho em que Nosso Senhor confirma S. Pedro como primeiro Papa, fica evidente que Ele se dirige, exclusivamente, a S. Pedro, sem um mínimo desvio: "Eu te digo… Tu és Pedro… Sobre esta pedra edificarei… Eu te darei… O que desatares…"

    S. Pedro é a pessoa a quem tudo é dirigido … é ele o centro de todo este texto.

    Esse ponto é muito importante, pois a interpretação truncada dos protestantes quer admitir o absurdo de que Nosso Senhor não sabia se exprimir corretamente. Eles dizem que Cristo queria dizer: "Simão, tu és pedra, mas não edificarei sobre ti a minha Igreja, por que não és pedra, senão sobre mim." Ora, é uma contradição, pois Nosso Senhor alterou o nome de Simão para "Kephas", deixando claro quem seria a "pedra" visível de Sua Igreja.

    do site Lepanto.

  3. Graça e Paz,

    Lendo artigos como este cada vez mais dá-me vontade de conhecer a sagrada escritura e mergulhar neste profundo conhecimento para assim deixar ser levado pela vontade de Deus através da palavra!

    Estou muito feliz por existir católicos que sempre estão preocupados com aquilo que é a verdade a respeito de qualquer assunto.

    Bendito seja “Khefas” que aceitou as promessas de Deus para sua vida. Assim também nós devemos aceitar o que ele nos institui, como ministros ‘arautos’ da salvação pela remissão dos pecados.

    • josé leonisse

      A sucessão de Pedro começou com São Lino e, atualmente é exercida pelo papa Bento XVI. Segundo essa visão, o próprio apóstolo Pedro atestou que exerceu o seu ministério em Roma ao concluir a sua primeira epístola: “A [Igreja] que está em Babilônia, eleita como vós, vos saúda, como também Marcos, meu filho.”. Trata-se da Igreja de Roma.

  4. Creio ser difícil para uma pessoa que cresceu no protestantismo aceitar questões como estas, mas rogo a Deus que os mesmo sejam esclarecidos da verdadeira Igrja e que nós católicos consigamos seguir retamente na fé, buscando cada dia mais a salvação que está em Deus e só pode ser encontrada na sua Igreja.

    Que Deus nos abençoes!

    Marcelo Faria

  5. Lourdes

    Realmente a Palavra da Santa Bíblia é apaixonante, quanto mais buscamos, ficamos entusiasmados.
    Este relato me fez entender melhor o pouco que eu conhecia. Que Deus os abençõe e lhes dê muito mais conhecimento para que continuem evangelizando. Amém.

  6. Pedro Erisson

    As Sagradas Escrituras são realmente maravilhosas, quando fazemos a interpretação verdadeiramente correta, vemos todo o mistério que Ela carrega!!

    Pax et Bonun!

  7. benito de mendon&cce

    Vamos seguir a orientaçao da verdadeira Igreja de Cristo, nada de seitas. A pedra citada se refere ao Apóstolo Pedro.nNão há dúvida

  8. Daniel da Silva Barr

    graça e paz!
    As sagradas escrituras são fontes belissimas da vontade de Deus para nós, e esse texto diz claramente qual é a vontade de Deus para nós. É só acreditar, e ler o texto com a luz do Espírito Santo. Agradeço a Deus por ter escolhido um mortal para estar a frente de seu povo. Viva o PAPA.

  9. Carlos Eduardo da Si

    Creio firmimente que tal argumeto clareie as mentes deturpadas pelos protestantes, além disso, há outros textos nos quais confirma a ICAR ser a verdadeira Igreja fundada por Jesus que falam da UNIDADE e o CORPO MÍSTICO de CRISTO. Outro modo de provar tb é o fato de que os milagres são cientificamente provados reais somente no catolicismo romano como garantia que Nosso Senhor deixou para confirma sua verdade revelada.

  10. Jacques P. Heinsen

    Pulei de alegria por saber que era o espírito santo em defesa da causa de Jesus. O que falta a nós católicos é buscar esse conhecimento para não deixar os falsos profetas destruir a verdade sobre Jesus. Em apoclipse (13,6-9) diz que a besta virá com os falsos profetas fazer guerra aos santos. Quem é que faz guerra aos santos hoje em dia?????

  11. Joston Darwin Borges

    Essa passagem de Mt 16.15-19 é mais deturpada. É inegável que Pedro é a Pedra. Acredito que não é preciso ser católico para chegar a essa conclusão. O orgulho protestante não se rende às evidências. Que cara de pau!

  12. Solange

    A Paz amados!

    Chega a ser engraçado as meias voltas que o protestantismo dá pra enrolar a verdade da palavra de Deus, quanta presunção querer colocar palavras na boca de Jesus! Esta passagem do evangelho é tão clara que não precisa ser mestre pra entender. Amém,
    Parabéns!!

  13. Maria jose

    A paz a todos,
    E muito importante o estudo da palavra, graças a Deus por isso, nao podemos esquecer nunca que somente Jesus nos leva para o ceu.

  14. remidio pereira

    2000 e poucos anos depois destes fatos, estamos nós cá, a discutir os mesmos fatos com os discípulos de lutero. é pura perda de tempo ! pode uma figueira dar azeitonas,um pé de figo dar abrolhos ? temos de entender, que nem todos se salvarão. mas,felizmente, sabemos,que: salvação fora da igreja catolica apostolica romana, não há !se provarmos para eles (protestantes) que realmente é pedro, a pedra na qual a igreja foi fundada,eles virão com outra: mas pedro já morreu !e assim por diante, sempre estaremos perdendo tempo com discussões tolas e vãs,como já nos previniu são paulo.

  15. Não poderia ser outra porque não existia outra igreja depois que Jesus nasceu, existiam templos mais não a igreja de Jesus, não adinata vcs protestantes ficarem discutindo Jesus falou ta falado e ponto. Quem vai contra o que ele disse é os demônios da terra.

  16. Rodrigo

    NA VERDADE O PROTESTIANISMO NUNCA VAI ACEITAR ISSO , PORQUE CONCORDAR COM A IGREJA SERIA ALGO PARA ELE COMO ACEITAR O CATOLICISMO.
    E COMO TODOS SABEM O PROTESTIANISMO SO EXISTE POR CAUSA DO PRAZER (MULHERES) , E (DINHEIRO) O GRANDE DEUS DELES .

  17. Luiza Silva da Costa

    Sempre observei que as pessoas, cuja convicção sobre suas crenças e valores é firme, não são fanáticas nem obstinadas.Essas pessoas são abertas para as opiniões contrárias e diferentes da sua, sem contudo,abrir mão delas para agradar quem quer que seja.Eu vejo , a maioria dos protestantes que conheço,cheios de ódio sempre que se aborda a pessoa da Santissma Virgem! É inacreditável! Às vêzes, até tem cultura e boa formaçã intelectual, mas se desiquilibram ao tentar( sempre são elas que começam ao estar próximo a um(a) católico(a))nos impor uma discussão sobre a Virgem Santíssima! Por que Tal ódio se até Lutero amava Nossa Sra? Luiza.

  18. Dura Lex

    Certamente que, o Senhor Jesus, ao "denominar" PEDRO de "pedra" , deixou claro, que Pedro , como primeiro Sucessor de Cristo, seria a 1ª. pedra , na "construção" da "IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA" ! ! !
    .
    Desta IGREJA , que Martinho Lutero, decidiu, por arrogância, vaidade e "interesses pessoais" , se afastar, para criar a sua, própria, igreja, que não só não representa JESUS CRISTO, como, por "maldição divina", todos os dias, aparecem, dezenas de "martinhos luteros", pelo mundo afora, criando as "suas próprias igrejas" , dividindo e enfraquecendo, cada vez mais os "PROTESTANTES", que, conforme o SENHOR JESUS disse : "não têm vida, porque são como um membro que se separa de um corpo e não recebe, mais, a irrigação do "sangue" ! ! ! ! ! ! !

  19. Sou,católico Apostólico Romano,e se Jesus Cristo chamou Simão de Pedro ou Pedra tanto faz para mim.Só,que eu não vou cometer erros graves quais estes prestensos pastores querem ,fazer tentando nos converter nessa confusão de religiões que há na terra.Não,é com gritária que ese converte alguém,e nem deturpando a bíblia sagrada como,alguns deles faz.Há um ditado que se diz o seguinte:
    Não,há conflito entre o bem,e o mal,mas entre o conhecimento e a ignorância.(Buda)…isso,mostra ,o quanto os nossos irmãos protestantes são ignorantes á este respeito.Deus,disse não façais,mal,á nenhuma de minhas criaturas,ou seja a Bíblia Sagrada,quais os protestantes ,deturpam,sujam,usando de falsos ensinamentos,e roubando,aqueles quais não sabem ler,nem escrever.O,Nosso Divino Pai,nos ensinou,não roubaras,e não levantarás falsos testemunhos-Não cobiçaras as coisas alheias,e nem a mulher do próximo.Pedro,é um grande homem,pois ele foi o primeiro homem a´ser chamado por Jesus Cristo,não,é atôa,que a Igreja De São pedro,fica em Roma,e não em Londres ou Nova York ou mesmo em Amsterdã terra de lunáticos!

  20. Geraldo Vitor Borin

    Carissimos irmãos em cristo, paz e bem!
    A palavra de Cristo é uma só e não muda com o tempo e com a moda, então fiquemos tranquilos quanto a isto, pois ele mesmo prometeu que as portas do inferno jamais prevalecerá sobre a sua igreja, então não nos preocupemos com nossos irmãos separados, pois o que é para eles esta guardado segundo a vontade do próprio Senhor!. Continuemos sempre unidos em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo, Amem!

  21. maria do carmo de ak

    sou formada em ciencias religiosa pelo icre,em fortaleza. gostaria de receber mensagens e esclarecimento da palavra de deus

  22. DANILO

    "A Igreja é santa de homens pecadores"

    Nenhuma outra instituição religiosa se reúne em Concilios como nossa amada Igreja. Viva Pedro, viva Bento XVI e todos os outros 264!!!

  23. Francisco

    Se Pedro não fose á Rocha inabalavel, e se hoje tambem não fose revelado na Pessoa do PAPA, porque Nossa Senhora nas suas aparição em ´vários lugares na terra pede se para resar mos muito para o Papa? Se nós imaginar mos a reponsabilidade deste nosso PASTOR, diriámos sem medo de errar o Papa é o Pedro, o Papa é há ROCHA

  24. antonio bulgarelli

    amados irmãos é claro que o verdadeiro catolico não se deixara intimidar nunca por estas e outras insinuações protestante e mais para entender melhor as palavras de Jesus é necessario nascer de novo ou seja.

  25. Ane

    Ensine o que precisa ser ensinado a um Católico e deixe um protestante falar para as paredes, estou convencida que só próprio Jesus descendo a terra no alto da sua glória para que acreditem na sua palavra sem distorcê-la , paz a todos

  26. Edmilson

    digo no fundo do coração todo Católico que estudar o passado da Igreja Católica ama muito mas sua Igreja Lc 22,31s: "Simão, Simão, eis que Satanás pediu insistentemente para vos peneirar como trigo; eu, porém, roguei por ti, a fimde que tua fé não desfaleça. Quando te converteres, confirma teus irmãJo 21,15-17: "Jesus disse a Simão Pedro: 'Simão, filho de João, tu me amas mais do que esses?' Ele respondeu: 'Sim, Senhor, tu sabes que te amo'. Jesus lhe disse: 'Apascenta as minhas ovelhas'. Pela segunda vez lhe disse: 'Simão, filho de João, tu me amas?' 'Sim, Senhor', disse ele, 'tu sabes que te amo'. Disse-lhe Jesus: 'Apascenta as minhas ovelhas'. Pela terceira vez disse-lhe: 'Simão, filho de João, tu me amas?' Entristeceu-se Pedro porque pela terceira vez lhe perguntara: 'Tu me amas?' e lhe disse: 'Senhor, tu sabes tudo, tu sabes que te amo'. Jesus lhe disse: 'Apascenta as minhas ovelhas'.
    todos os pais da Igreja são unanimes em dizer que pedro foi o primeiro papa a provas de historia entre no estado da Itália em suas bibliotecas em tudo pedro é mais que confirmado como papa não existe nenhum autor pregador protestante antes de 1480 loucuras deles gente mostre propague as verdades da nossa Igreja é fascinante o povo do mundo precisar se interessar e conhece o valor da nossa Igreja as mentiras as calúnias o orgulho as criticas sem vão existir mas fica mais que claro os protestantes são analfabetos eles não tem identidade passado por isso negam a tradição por que não tem passado sou Viva a IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA 2000 MIL ANOS

  27. edmilson

    Jesus Cristo disse a Pedro Bem aventurado és tu, Simão Bar Jonas, porque não foi a carne, ou o sangue que te inspiraram, mas meu Pai que está nos céus. E eu te digo que tu és Pedro, e sobre essa pedra eu edificarei a minha Igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela. Eu te darei as chaves do Reino dos céus; e tudo o que ligares sobre a terra será ligado também nos céus; e tudo o que desligares sobre a terra será desligado também nos céus" (Mt. XVI, 17-20)
    0 nome de Pedro aparece em primeiro lugar em todas as listas que enumeram os apóstolos (Mt 10,2; Mc 3,16; Lc 6,14; At 1,13). Mateus até o chama de "o primeiro" (Mt 10,2).
    S. Pedro é quase sempre mencionado em primeiro, mesmo quando aparece ao lado de outros. A (única) exceção está em G1 2,9, onde ele é listado após Tiago e João, mas, mesmo assim, o contexto coloca-o em preeminência (ex.: G1 1,18-19; 2,7-8).
    Pedro é o único entre os Apóstolos que recebe um novo nome, Pedra, solenemente conferido (3o 1,42; Mt 16,18).

    Da mesma forma, Pedro é estimado por Jesus como o Pastor chefe, logo após Ele (]o 21,15-17), de forma especial pelo nome, e sobre a Igreja universal, apesar dos demais apóstolos terem uma função similar mas subordinada (At 20,28; lPd 5,2).
    S. Pedro é o único apóstolo mencionado pelo nome quando Jesus Cristo orou para que "a sua fé (=Pedro) não desfalecesse" (Lc 22,32).

    Pedro é o único apóstolo a ser exortado por Jesus para que "confirmasse os seus irmãos" (Lc 22,32).

    Pedro foi o primeiro a confessar a divindade de Cristo (Mt 16,16).

    Apenas de Pedro diz-se que recebeu conhecimento divino através de uma revelação especial (Mt 16,17).

    Pedro é respeitado pelos judeus (At 4,1-13) como líder e porta-voz dos cristãos.

    Pedro é respeitado pelas pessoas comuns da mesma maneira (At 2,37-41; 5,15).

    Jesus Cristo associa-se a Pedro no milagre da obtenção de dinheiro para o pagamento do tributo (Mt 17,24-27).

    Cristo ensina as multidões de cima do barco de Pedro e o milagre que se segue, apanhando peixes no lago de Genesaré (Lc 5,1-11), podem ser interpretados como um metáfora do papa como "pescador de homens" (cf. Mt 4,19)

  28. edmilson

    Pedro foi o primeiro apóstolo a correr e entrar no túmulo vazio de Jesus (Lc 24,12; )o 20,6).

    Pedro é reconhecido pelo anjo como o líder e representante dos apóstolos (Mc 16,7).

    Pedro lidera a pescaria dos apóstolos (]o 21,2-3.11). 0 "barco" de Pedro tem sido respeitado pelos católicos como uma figura da Igreja, com Pedro no leme.

    Apenas Pedro se lança e anda sobre o mar para encontrar Jesus (]o 21,7).

    As palavras de Pedro são as primeiras a serem registradas, bem como são as mais importantes, no discurso anterior ao Pentecostes (At 1,15-22).

    Pedro toma a liderança na escolha do substituto para o lugar de ludas Iscariotes (At 1,22).

    Pedro é a primeira pessoa a falar (e a única a ser registrada) após ao Pentecostes, tendo sido ele, portanto, o primeiro cristão a "pregar o Evangelho" na Era da Igreja (At 2,14-36).

    Pedro realiza o primeiro milagre da Era da Igreja, curando um aleijado (At 3,612).

    Pedro lança a primeira excomunhão (anátema sobre Ananias e Safira) enfaticamente confirmada por Deus (At 5,2-11).

  29. Edmilson

    Até a sombra de Pedro realiza milagres (At 5,15).

    Pedro é a primeira pessoa, após Cristo, a ressuscitar um morto (At 9,40).

    Cornélio é orientado por um anjo a procurar Pedro para ser instruído no cristianismo (At 10,1-6).

    Pedro é o primeiro a receber os gentios após receber uma revelação de Deus (At 10,9-48).

    Pedro instrui os outros apostolos sobre a catolicidade (universalidade) da Igreja (At11,5-17).

    Pedro é o objeto da primeira mediação divina na Era da Igreja (um anjo o liberta da prisão -At 12,1-17).

    Toda a Igreja (fortemente indicado) oferece "fervorosa oração" para Pedro enquanto se encontra preso (At 12,5).

    Pedro preside e abre o primeiro Concílio da Cristandade, e estabelece princípios que serão posteriormente aceitos (At 15,7-11).

    Paulo distingue as aparições do Senhor (após sua ressurreição) a Pedro daquelas que se manifestaram aos demais apóstolos (lCor 15,4-8). Os dois discípulos no caminho de Emaús fazem a mesma distinção (Lc 24,34), nesse momento mencionando apenas Pedro ("Simão") , ainda tendo eles mesmos visto a Jesus ressuscitado momentos antes (Ic 24,31-32).

    Muitas vezes Pedro é distinto dos demais apóstolos (Mc 1,36; Lc 9,28.32; At. 2,37; 5,29; lCor 9,5).

    Pedro é sempre o porta-voz dos demais apóstolos, especialmente durante os momentos decisivos (Mc 8,29; Mt 18,21; 1c 9,5; 12,41; ]o 6,67ss).

    0 nome de Pedro é sempre listado em primeiro no "círculo íntimo" dos discípulos (Pedro, Tíago e João – Mt 17,1; 26,37.40; Mc 5,37; 14,37).

    Pedro é multas vezes a figura central em relação a Jesus, nas cenas dramáticas tal como o fato de andar sobre a água (Mt 14,28-32; Lc s,iss; Mc 10,28; Mt 17,24ss).

    Pedro é o primeiro a reconhecer e refutar a heresia de Simão Mago (At 8,14-24).

    0 nome de Pedro é mencionado multas mais vezes do que os nomes dos demais discípulos em conjunto: 191 vezes (162 como Pedro ou Simão Pedro; 23 como Simão; e 6 como Celas). Em freqüência, João aparece em segundo lugar com apenas 48 menções, sendo que Pedro está presente em 50% das vezes em que encontramos o nome de João na Bíblia! […) Todos os demais discípulos em conjunto são mencionados 130 vezes. […]

    A proclamação de Pedro no dia de Pentecostes (At 2,14-41) contém urna interpretação autoritária da Escritura, além de uma decisão doutrinária e um decreto disciplinar a respeito dos membros da "Casa de Israel" (At 2,36).

    Pedro foi o primeiro carismática), tendo julgado com autoridade e reconhecendo o dom de línguas como genuíno (At 2,14-21).

    Pedro foi o primeiro a pregar o arrependimento cristão e o batismo (At 2,38).

    Pedro comandou o batismo dos primeiros cristãos gentios (At 10,44-48).

    Pedro foi o primeiro missionário etinerante e foi o primeiro a exercitar o que chamamos hoje de "visita às igrejas" (At 9,32-38.43). Paulo pregou em Damasco imediatamente após sua conversão (At 9,20), mas não foi para esse lugar com tal objetivo (Deus alterou seus planos). Sua jornada missionária inicia-se em At 13,2.

    Paulo foi para Jerusalém especificamente para ver Pedro durante 15 dias, no início de seu ministério (Gi 1,18); e foi encarregado por Pedro, Tiago e João (Gi 2,9) a pregar para os gentios.

    Pedro age (fortemente indicado) como o bispo pastor chefe da Igreja (IPd 5,1), exortando todos os outros bispos ou "anciãos".

    Pedro interpreta profecia (2Pd 1,16-21).

    Pedro corrige aqueles que distorcem os escritos de Pauto (2Pd 3,15-16).

    Pedro escreve sua primeira epístola a partir de Roma, conforme atesta a maioria dos estudiosos, como bispo dessa cidade e como bispo universal (ou papa) da Igreja primitiva. "Babilônia" (1Pd 5,13) é codinome para Roma.

  30. edmilson

    Irmão estudem e meditem não é fabula é lógica incontestável

    Pedro esteve em Roma isso é certeza absoluta nos escritos nos testemunhos de todos os pais da igreja,você vai certamente encontrar seus registros e provas na arqueologia na história e geologia.pois os apóstolos de Jesus Cristo tinham seus discípulos e um desses se chamava São Lino Data(30-76) seu nome aparece mencionado na Bíblia católica, no texto da Epístola de são Paulo para timótio (4:21). São Lino conviveu com São Paulo fato incontestável pela tradição pela historia.os pais da igreja testificam são lino como papa sem contar os documentos da Igreja que comprovam tudo.

    a igreja do seculo 1 é magistral nasceu católica .

    não existe nada que prove o contrario não se pode mudar uma historia já feita

    por isso todos os pais da igreja historiadores e pregadores vividos antes de 1480 são unânimes em

    bendizer e reconhecer essa bem aventurança

  31. edmilson

    a contestação de que São Pedro nunca foi papa e que nunca esteve em Roma só nasceu quando surgiu o protestantismo com Lutero que criou a igreja Lutera em 1517 e a história todo mundo já sabe sua igreja se dividiu em seguida em milhares de denominações e por isso de lá pra cá muitos argumentam contestam e inutilmente tentam em vão distorcer a verdade negando que São Pedro nunca foi papa e que nunca esteve em roma negar essa verdade absoluta que é mostrada tão evidentemente pelos nossos Pais da igreja que tem toda uma historia que foi passada documentada relatada transmitida mostrada confirmada e ainda mesmo assim com tudo isso tão claro e tão evidente mostrando ser São Pedro o nosso primeiro papa tão nítido mesmo com isso tudo tão claro e concreto as vezes aparecem uns sonhadores hereges que apresentam historias que parecem fabulas de desenho animado afirmando que São Pedro não foi papa. tem uns tão amador que passa do ridículo e outros metido a apologético daqueles que pegam frases dos pais da igreja tira a frase do contexto faz um jogo de palavras e amontoa um monte de metáforas de palavras

  32. edmilson

    escolhidas a dedo tentando provar catastrófico que São pedro nunca esteve em roma.o mais engraçado e que as vezes aparecem outros dizendo que a igreja católica surgiu com constantino esses nem respondo parquê? respondo historia e não respondo piadas até por que não sou um bom piadista? finalizando se você estuda matemática num livro errado que diz que 8 mais8 é igual a 9 ou que 5 mais 5 é igual 11 com certeza você vai aprender errado. uma pergunta o falso é o que foi criado primeiro ou o que foi copiado depois ?pra debater discutir se algo é falso certo ou errado você teria primeiro era que ter história vivido a época ou alguém ou seguidores da época historiadores pais da igreja do mesmo periodo que contestasse lutasse afirmasse tivesse provas e que tivesse seguidores e debatido

  33. edmilson

    e vivido na época em que tudo nasceu olha não se pode jamais mudar uma historia já feita resumindo se um compositor cria uma letra e ele não a regista e essa letra faz muito mais muito sucesso só que ele não registra sua letra e muitos ficam sabendo disso e direpente nesse mesmo tempo vier a aparecer milhares de compositores cada um afirmando ser o legítimo real dono da letra de quem seria essa letra de quem melhor lutasse ou mentisse dizendo ser o real dono dela? claro que não ficaria sempre uma dúvida na cabeça mesmo que

  34. edmilson

    se passasse 200 anos e mesmo depois desses compositores mortos o que iam dizer os jornais os livros as rádios e se fossem debater essa mesma letra discultida a 200 anos atrás?é do fulano poderia dizer até um nome que afirmasse ser o real dono da letra mas sempre uma dúvida ficaria??? agora se um compositor faz uma letra e a regista e possui documentos e provas de ser ele o real dono dessa letra afirmo seguramente que podem aparecer 1000000 milhões de compositores afirmando ser o dono ou se outros afirmassem ser a letra copia plagio etc… mas se não tiver sido feito antes mostrada carimbada registrada de nada valeria podem brigar discutir ameaçar blá blá blá mais mesmo assim o real legítimo dono da letra jamais estaria ameaçado de pagar multa e perder sua letra resumindo assim é a historia da sublime igreja católica apostólica romana tendo seus registos e documentos nesses 2000 mil anos de papado olhem alguns relatos

  35. edmilson

    o Papa Clemente, escreve aos Coríntios ,e afirma que serão punidos aqueles que afastaram presbíteros injustamente . Nesa época vivia S João , se o Bispo de Roma não tivesse o primado , S João poderia intervir.

    Clemente Romano (séc I e II), III sucessor , conheceu Pedro pessoalmente em Roma.fato mais que confirmado pelos pais da igreja e pelos documentos da igreja

    Olhe o que diz Santo Inácio ( sec. II ) diz que a Igreja de Roma preside as demais , escrevendo aos romanos . Santo Irineu diz ser a Igreja Romana tem primazia , e foi fundada por Pedro e Paulo (Heres. 3. 3. 2).

  36. edmilson

    E um historiador contemporâneo de Eusébio

    o Historiador Optato de Milevi, no ano 367:

    Diz

    “Na cidade de Roma, quem por primeiro se sentou na cátedra episcopal foi o Apóstolo Pedro, ele que era a cabeça de toda a Igreja, (…) Os apóstolos nada decidiam sem estar em comunhão com esta única cátedra (…) Recorde a origem desta cátedra, todos que reinvidicam o nome da Santa Igreja Católica…” (O Cisma Donatista 2:2).

    E muito antes disso, provando a sucessão apostólica, Santo Irineu (no ano 180), registrou em sua obra: “Depois de terem fundado e estabelecido a Igreja de Roma, os bem-aventurados apóstolos Pedro e Paulo confiaram-na à administração de Lino, de quem fala São Paulo na Carta a Timóteo (2 Tm 4,21). Sucedeu-lhe Anacleto …” (Contra as Heresias 3,3,2)

  37. edmilson

    Olhem essa magnífica passagem de santo Inácio em umas das suas carta
    Sto. Inácio de Antioquia do ano 35-110

    Foi uns dos discipulos de São joão evangelista

    um dos pais da igreja

    ja diz essa bem aventurança do primeiro século provando ser a Igreja católica a igreja verdadeira

    olhem que bem aventurança essas frases de suas cartas que ensinaram os primeiros cristãos

    'Não errai, irmãos: se qualquer homem seguir àquele que faz um cisma da Igreja, ele não herdará o Reino de Deus. (…) Tende uma só Eucaristia, pois é una a Carne de Nosso Senhor Jesus Cristo, uno o cálice da unidade de Seu Sangue, uno o altar e uno o Bispo com o presbitério e os diáconos'. Epístola de Sto. Inácio de Antioquia aos Filadélfios.

  38. edmilson

    Na Eucaristia, partimos o mesmo pão, que é remédio de imortalidade, antídoto para não morrer, mas para viver eternamente em Jesus Cristo.

    Onde estiver o bispo, ali estarão também as multidões, da mesma forma que onde estiver Jesus Cristo, ali estará a Igreja Católica. Sto. Inácio de Antioquia (35-110)

    São milhares de testemunhos Patrístico que confirmam São Pedro como papa

    E atestam o primado de Pedro e dos seus sucessores

  39. paulinho

    a igreja de Jesus foi instituída em Mt 16,16-19 por Ele em Pedro(continuador).
    a igreja de Jesus foi constituída em At 2,1-12 (o Espirito gera a Igreja) com: O Pai
    ( espirito criador); O Filho(espirito redentor) ; O Paráclito (espirito santificador): os
    Apóstolos (espirito pregador) e Maria (espirito intercessor). Essa é a Igreja Com-
    pleta: Una, Santa, Trinitária, Cristocêntrica, Apostólica e Mariana.
    Obs. as outras igrejas podem não está erradas, mas estão incompletas.

  40. Antonio Cunha

    Todo mundo ama História. As pessoas só não gostam da próprtai História. Os protestantes odeiam a história do cristianismo, pois ela prova que a igreja fundada por Cristo é a Católica.

    Essa fuga é ruim para eles próprios, pois são filhos da igreja católica. Nasceram 1500 anos depois. E nesse caso , não existe melhor coisa que ser filho da igreja de Jesus.

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén