ROMA, 01 Jul. 13 / 09:56 am (ACI/EWTN Noticias).- Os produtores do filme Policegiri se desculparam com a comunidade cristã da Índia e anunciaram que retirarão do filme a cena em que uma atriz posa seminua com um terçopendurado no pescoço, e com a cruz caindo sobre seu ventre.

Os produtores TP Aggarwal e seu filho Rahul Aggarwal, desculparam-se e expressaram seu pesar por terem ferido os sentimentos dos cristãos no país. Além disso, asseguraram guardar um grande respeito por qualquer tipo de religião, e manifestaram seu desejo de não voltar a repetir um episódio destas características.

A protagonista da cena, a atriz e modelo Kavitta Verma, também apresentou suas desculpas oficiais à comunidade cristã na Índia.

Através de uma carta, disse que não pretendia ofender ninguém e se comprometeu a retirar da web todas as imagens que a retratam com o Terço, assinalando que compreende e respeita as preocupações expressas pela comunidade cristã.

“Cometi um erro e me comprometo a utilizar com máximo respeito os objetos religiosos no futuro”, disse Verma conforme informou a agência Fides em 20 de junho.

As desculpas chegam depois de que a organização Catholic Secular Fórum (CSF) – que acolhe católicos e cristãos de diferentes confissões-, denunciasse os fatos e escrevesse aos produtores do filme e ao Conselho de censura para protestar contra as imagens que feriam seriamente sua sensibilidade.

A organização também pediu aos órgãos de controle e ao governo, que intervenham mediante a eliminação das cenas que resultam ofensivas contra a religião cristã.

Depois desta retificação, o diretor do CSF, Joseph Dias, assinalou que “os cristãos perdoam por sua fé, mas isso não significa que possam aceitar atos blasfemos ou blasfêmias contra a própria fé”, e convidou os diretores e produtores de Bollywood a respeitar os símbolos de toda religião.

Veja tambem  Por que não é possível dizer "Cristo sim, Igreja não"



Comentários no Facebook:

comments