Francisco_FotoKerriLenartowick_CNA

Vaticano, 18 Jul. 14 / 02:10 pm (ACI/EWTN Noticias).- O Papa Francisco expressou hoje, 18 de julho, a sua consternação pela catástrofe com o avião da Malaysian Airlines que foi derrubado nesta quinta-feira por um míssil enquanto sobrevoava o território da Ucrânia ocasionando a morte de pelo menos 300 pessoas.

O Vaticano divulgou um comunicado no qual destaca que “o Santo Padre recebeu com consternação a notícia do desastre do avião da Malaysian Airlines, precipitado na região leste da Ucrânia, marcada por fortes tensões.”.

No Boeing 777 derrubado ontem, que saiu de Amsterdã e se dirigia a Kuala Lumpur, viajavam 283 passageiros e 15 membros da tripulação.

O vice-presidente sênior da Malaysian Airlines, Huib Gorter, disse que eram pelo menos 154 holandeses, 27 australianos, 23 malaios, 11 indonésios, 6 britânicos, 4 alemães, 4 belgas, 3 filipinos e 1 canadense.

Diversas informações de agências internacionais assinalam que o míssil com o qual derrubaram o avião foi disparado por separatistas pró-russos na Ucrânia.

O primeiro-ministro da Holanda, Mark Rutte, disse estar “profundamente comovido por esta notícia dramática”. “As circunstâncias do acidente não são claras e ainda não se conhece a identidade dos passageiros”, acrescentou.

O comunicado do Vaticano assinala também que “o Papa eleva suas orações pelas numerosas vítimas do acidente e por seus familiares, renovando às partes em conflito o forte apelo à paz e para um compromisso na busca de soluções com o diálogo, a fim de evitar mais perdas de vidas humanas inocentes”.




Comentários no Facebook:

comments