SÃO PAULO, quarta-feira, 21 de março de 2007 (ZENIT.org).- Em sua visita ao Brasil, em maio próximo, o Papa Bento XVI também reservará uma atenção especial para os vocacionados de especial consagração na Igreja: sacerdotes, diáconos, religiosas e religiosos, aos seminaristas e candidatos/as à Vida Consagrada.

Será no dia 12 de maio, às 18h, no Santuário Nacional de Aparecida, durante a recitação do Santo Rosário.

Segundo informa a arquidiocese de São Paulo, os membros dos grupos citados que desejarem participar do encontro não precisam de credencial nem de convite, mas deverão estar na Basílica de Aparecida antes das 17h daquele dia.

Também estarão presentes os membros da V Conferência, além de muitos peregrinos. A recitação do Rosário será a invocação de uma especial intercessão de Maria, Mãe da Igreja, em favor da V Conferência. Na ocasião, o Papa dirigirá a palavra aos vocacionados.

Segundo explicou Dom Odilo Scherer, secretário-geral da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil), “Bento XVI escolheu Aparecida para sediar a V Conferência Geral por ser um lugar de peregrinação e de intensa religiosidade popular Mariana. Onde se encontram os discípulos e missionários de Jesus Cristo, a Mãe de Jesus também está presente”.

“Na proposta temática da V Conferência, os vocacionados terão um papel importante, uma vez que são chamados a viver de uma forma muito especial sua adesão a Jesus Cristo, “caminho, verdade e vida”, e a ajudar os outros batizados a viverem essa adesão a Cristo, na comunidade eclesial”, disse.

“A renovação da vida eclesial e da ação missionária requer, antes de tudo, a redescoberta do amor a Deus e da alegria de sermos cristãos. Só assim os vocacionados poderão inflamar com o mesmo ardor também os irmãos, a quem servem, e contribuir para que o povo tenha vida em Jesus Cristo”, afirmou o bispo.

Veja tambem  Motu Próprio Summorum Pontificum



Comentários no Facebook:

comments