O que é a Eucaristia?

Respostas do Catecismo da Igreja Católica

O que é a Eucaristia?
É o próprio sacrifício do Corpo e do Sangue do Senhor Jesus, que Ele instituiu para perpetuar pelos séculos, até seu retorno, o sacrifício da cruz, confiando assim à sua Igreja o memorial de sua Morte e Ressurreição. É o sinal da unidade, o vínculo da caridade, o banquete pascal, no qual se recebe Cristo, a alma é coberta de graça e é dado o penhor da vida eterna.

Quando Cristo instituiu a Eucaristia?
Instituiu-a na Quinta-feira Santa, “na noite em que ia ser entregue” (1Cor 11,23), celebrando com os seus Apóstolos a Última Ceia.

O que representa a Eucaristia na vida da Igreja?
É fonte e ápice de toda a vida cristã. Na Eucaristia, atingem o seu clímax a ação santificante de Deus para conosco e o nosso culto para com Ele. Ele encerra todo o bem espiritual da Igreja: o mesmo Cristo, nossa Páscoa. A comunhão da vida divina e a unidade do Povo de Deus são expressas e realizadas pela Eucaristia. Mediante a celebração eucarística, já nos unimos à liturgia do Céu e antecipamos a vida eterna.

Como Jesus está presente na Eucaristia?
Jesus Cristo está presente na Eucaristia de modo único e incomparável. Está presente, com efeito, de modo verdadeiro, real, substancial: com o seu Corpo e o seu Sangue, com a sua Alma e a sua Divindade. Nela está, portanto, presente de modo sacramental, ou seja, sob as espécies eucarísticas do pão e do vinho, Cristo todo inteiro: Deus e homem.

O que significa transubstanciação?
Transubstanciação significa a conversão de toda a substância do pão na substância do Corpo de Cristo e de toda a substância do vinho na substância do seu Sangue. Essa conversão se realiza na oração eucarística, mediante a eficácia da Palavra de Cristo e da ação do Espírito Santo. Todavia, as características sensíveis do pão e do vinho, ou seja, as ?espécies eucarísticas?, permanecem inalteradas.

O que se requer para receber a santa comunhão?
Para receber a santa Comunhão, deve-se estar plenamente incorporado à Igreja católica e estar em estado de graça, ou seja, sem consciência de pecado mortal. Quem estiver consciente de ter cometido um pecado grave deve receber o sacramento da Reconciliação antes de se aproximar da comunhão. Importantes são também o espírito de recolhimento e de oração, a observância do jejum prescrito pela Igreja e a atitude do corpo (gestos, roupas), em sinal de respeito a Cristo.

“Na Eucaristia, nós partimos ‘o único pão que é remédio de imortalidade, antídodo para não morrer, mas para viver em Jesus Cristo para sempre’ ” (Santo Inácio de Antioquia)

Jesus é Luz, é Amor!




Comentários no Facebook:

comments

Anteriores

Qual é o conteúdo essencial da mensagem cristã?

Próximo

Eucaristia: segredo do amor cristão, explica Bento XVI

  1. Geovana Izabel de Me

    Nussa mto obrigado por terem feito esse site ele foi de mta ajuda no meu trabalho de catequese!
    😉

  2. Matheus Santos

    Vlw,eu adorei a materia e me ajudou bastante no meu dever de Catequese….

  3. celia moreira

    É muito bom podermos recorrer a saites e encontrar o que procuramos. Aque hoje descobrir mais sobre a Eucaristia, muito obrigada .

  4. Maria Prado

    1.400 anos de Holocausto contra os cristãos

    http://timedecristo.wordpress.com/2010/05/21/a-qu

    http://timedecristo.wordpress.com/2010/05/26/evan

    Unidos em Cristo até a vitória do Cordeiro!

  5. gilda

    Boa noite! faço parte de um grupo na minha paroquia em. Belém do Pará,vou apresentar um trabalho sobre a hostia consagrada gostaria que voces me me orientasse como devo explicar.

    Agradeço Gilda Miranda

  6. Edjanyette F. Albermazza

    Gostei muito de deste site, porque estou aprendendo cada vez mais a catequese…

  7. maria das gra&ccedil

    Adoro tudo que fala da Eucaristia. Tenho intolerancia ao gluten,mas não deixei de receber a Eucaristia diaria,apesar de todas as dificuldades encontradas,pois adoro Jesus Vivo na Santa Eucaristia.

  8. Lula Rodrigues

    paz e bem! descobrir este site e achei muito bom, irei recomendar para os meus amigos da comunidade.

    muito obrigado e fiquem com DEUS!

Deixe uma resposta

Desenvolvido em WordPress & Tema por Anders Norén