VATICANO, 19 Dez. 06 (ACI) .- Segundo um decreto da Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, as palavras da Consagração do vinho em Sangue de Cristo serão modificadas universalmente, nos diversos idiomas, para adequar-se corretamente à versão original em latim.

O decreto aprovado pelo Papa Bento XVI em 17 de outubro de 2006, na parte da Consagração, onde atualmente diz o Sangue de Jesus “será derramado por vós e por todos para o perdão dos pecados”; se dirá que “será derramada por vós e por muitos“; em vez de “por todos”; para assim refletir melhor o original em latim “Pro multis”.

Estudiosos da Congregação presidida pelo Cardeal Francis Arinze explicaram que a mudança de palavra não é irrelevante do ponto de vista teológico. A expressão “por todos” daria a entender que a Redenção de Jesus Cristo se estende automaticamente a todos os homens, sem importar a cooperação humana; enquanto que o original em latim, traduzido inadequadamente às diversas línguas depois do Concílio Vaticano II, evidência que, embora a Redenção seja acessível para todos os homens, não são todos os que a acolhem adequadamente e a fazem realidade em suas vidas.




Comentários no Facebook:

comments

Veja tambem  Papa reitera que palavras de Manuel II não expressam sua convicção pessoal