Fonte: O Povo Online

Um milagre aconteceu nesta manhã de sábado, 21, em Nápoles, na Itália. Parte do sangue de são Januário guardado como relíquia se liquefez nas mãos do Papa Francisco.O fenômeno sobrenatural acontece  no primeiro sábado de maio, no dia 19 de setembro e durante uma semana em dezembro  tal como estivesse dentro de uma pessoa viva.  Nas mãos de um papa foi a primeira vez.

Após o fenômeno, o papa disse que apenas metade do  sangue “liquidificou” e que precisamos nos  converter um pouco mais.

Mais sobre o milagre da liquefação do sangue de São Januário

De acordo com o site dedicado ao santo sangennaro.org ,”as relíquias são expostas ao público, e se a liquefação não se verifica imediatamente. iniciam-se preces coletivas. Se o milagre tarda, os fiéis compenetram-se de que a demora se deve a seus pecados. Rezam então orações penitenciais, como o salmo “Miserere“, composto pelo Santo Rei Davi.

sangue-sao-januario-1-625x468

Quando o milagre ocorre, o Clero entoa solene Te Deum, a multidão prorrompe em vivas. os sinos repicam e toda a cidade se rejubila. Entretanto, sempre que nas datas costumeiras o sangue não se liquefaz, Isso significa o aviso de tristes acontecimentos vindouros, segundo uma antiga tradição nunca desmentida.

O sangue de São Januário está recolhido em duas ampolas de vidro, hermeticamente fechadas, protegido por duas lâminas de cristal transparente. A ampola maior possui 60 cm cúbicos de volume; a menor tem capacidade de 25 cm cúbicos. Em geral, o sangue endurecido ocupa até a metade da ampola maior; na menor, encontra-se disperso em fragmentos”.

sangue-sao-januario-6-625x468




Comentários no Facebook:

comments

Veja tambem  Papa Francisco recebe Angelina Jolie no Vaticano