ROMA, 20 Dez. 13 / 12:28 pm (ACI).- “Por que não dar de presente ao Papa Francisco por Natal uma ajuda para os pobres?” Esta foi a ideia de José Luis, um menino espanhol de sete anos, concretizada no dia 18 de dezembro na audiência geral das quartas-feiras. Conforme informou o jornal da Santa Sé, o L’Osservatore Romano, José Luis é filho de uma das seis mil famílias que compõem a cooperativa espanhola Coren, uma empresa de alimentação que forneceu 750 quilogramas de frango para que o Santo Padre pudesse dar aos mais necessitados.

As religiosas do Real Monastério de Santa Clara del Allariz –localizado dentro do Caminho que leva à tumba do Apóstolo Tiago-, também pertencem à cooperativa e são conhecidas pelas formas criativas de receitas com carne de aves.

Prontos para serem cozinhados, os frangos serão distribuídos em refeitórios populares de Roma em nome do Papa e com a ajuda do elemosineiro do Vaticano, o Arcebispo Konrad Krajewski, estes serão distribuídos também para pobres em refeitórios administrados pela Igreja em Roma, entre os quais se encontra a casa “Dono di Maria” das Irmãs da Madre Teresa de Calcutá, localizado a poucos passos do Vaticano.




Comentários no Facebook:

comments