Irmãos: Certamente ouvistes falar do meu proceder outrora no judaísmo e como perseguia terrivelmente a Igreja de Deus e procurava destruí-la.
Fazia mais progressos no judaísmo do que muitos dos meus compatriotas da mesma idade, por ser extremamente zeloso das tradições dos meus pais.
Mas quando Aquele que me destinou desde o seio materno e me chamou pela sua graça, Se dignou
revelar em mim o seu Filho para que eu O anunciasse aos gentios, decididamente não consultei a carne e o sangue,
nem subi a Jerusalém para ir ter com os que foram Apóstolos antes de mim; mas retirei-me para a Arábia e depois voltei novamente a Damasco.
Três anos mais tarde, subi a Jerusalém para ir conhecer Pedro e fiquei junto dele quinze dias.
Não vi mais nenhum dos Apóstolos, a não ser Tiago, irmão do Senhor.
– O que vos escrevo, diante de Deus o afirmo: não estou a mentir –.
A seguir fui às regiões da Síria e da Cilícia.
Eu era pessoalmente desconhecido das Igrejas da Judeia que estão em Cristo.
Só tinham ouvido dizer: «Aquele que outrora nos perseguia anuncia agora a fé que então combatia».
E davam glória a Deus a respeito de mim.




Comentários no Facebook:

comments