Muitas vezes e de muitos modos falou Deus antigamente aos nossos pais, pelos Profetas.
Nestes dias, que são os últimos, falou-nos por seu Filho, a quem fez herdeiro de todas as coisas e pelo qual também criou o universo.
Sendo o Filho esplendor da sua glória e imagem da sua substância, tudo sustenta com a sua palavra poderosa. Depois de ter realizado a purificação dos pecados, sentou-Se à direita da Majestade no alto dos Céus
e ficou tanto acima dos Anjos quanto mais sublime que o deles é o nome que recebeu em herança.
Na verdade, a qual dos Anjos disse Deus alguma vez: “Tu és meu Filho, Eu hoje Te gerei”? E ainda: “Eu serei para Ele um Pai, e Ele será para Mim um Filho”?
E de novo, quando introduziu no mundo o seu Primogénito, disse: “Adorem-n’O todos os Anjos de Deus”.




Comentários no Facebook:

comments