Jesus foi perseguido como os justos [do Antigo Testamento] foram perseguidos, a fim de que sejam consolados os perseguidos de hoje, eles que são perseguidos por causa de Jesus perseguido. Porque Ele disse: «Se o mundo vos odeia, ficai sabendo que primeiro Me odiou a Mim. Se fosseis do mundo, o mundo amaria o que é seu; mas, porque não sois do mundo, ao contrário, Eu vos separei do meio do mundo, por isso é que o mundo vos odeia. Lembrai-vos da palavra que vos disse: o servo não é maior que o seu senhor. Se Me perseguiram a Mim, também vos perseguirão a vós» (Jo 15,18-20). Com efeito, Ele nos dissera também: «O irmão entregará o seu irmão à morte, e o pai entregará o seu filho. E levantar-se-ão os filhos contra os pais e lhes darão a morte. E vós sereis odiados por todos, por causa do meu nome.» Tinha-nos também ensinado: «Mas quando vos entregarem, não vos preocupeis com o que haveis de falar nem com o que haveis de dizer; nessa altura ser-vos-á inspirado o que tiverdes de dizer. Não sereis vós a falar, será o Espírito de vosso Pai que falará por vós.»

Foi este Espírito que falou pela boca de Jacob ao seu perseguidor Esaú; foi o Espírito de sabedoria que falou perante o Faraó pela boca de José perseguido; foi o Espírito que falou pela boca de Moisés em todos os milagres que ele fez no Egipto […]; foi o Espírito que cantou pela boca de David perseguido, porque era por Ele que cantava para aliviar do mau espírito a Saúl, seu perseguidor; foi o Espírito que revestiu Elias, e com Ele que este repreendeu Jezebel e Achad seu perseguidor […]; foi o Espírito que reconfortou Jeremias, e com o qual este se ergueu audaciosamente para repreender Sedecias; foi o Espírito que protegeu Daniel e os seus companheiros na Babilónia; foi esse mesmo Espírito que salvaguardou Mardoqueu e Ester no país do seu cativeiro.  

Ouve, meu amigo, os nomes dos mártires, dos confessores e dos perseguidos: Abel, Jacob, José, Moisés, Josué, Jefté, Sansão, Gedeão e Barac, David, Samuel, Ezequias, Elias, Eliseu, Miqueias, Jeremias, Daniel, Ananias e os seus companheiros, Judas Macabeu e os seus companheiros. […] Mas o martírio de Jesus foi o maior de todos: ele ultrapassou em tribulação e em testemunho todos estes que o antecederam e todos os que hão-de vir.




Comentários no Facebook:

comments