Vós nos rejeitastes, ó Deus,
e nos pusestes em debandada;
acendeu-se a vossa ira,
mas voltai-Vos para nós.
Abalastes a terra e a enchestes de fendas;
reparai as suas brechas, que ameaça ruína.
Sujeitastes o vosso povo a rude prova,
destes-nos a beber um vinho inebriante.
Quem senão Vós, que já não saís com os nossos exércitos? Prestai-nos auxílio contra o inimigo,
porque nada vale o socorro humano.
Concede-nos ajuda na tribulação,
porque é vão qualquer socorro humano.




Comentários no Facebook:

comments