Vou recordar as obras do Senhor e narrar tudo o que vi. Pela palavra do Senhor existem as suas obras, todas cumprem o desígnio da sua vontade.
O sol contempla todas as coisas que ilumina e a obra do Senhor está cheia da sua glória.
Não é possível aos santos do Senhor descrever todas as suas maravilhas. O Senhor todo-poderoso consolidou o universo, para que se manifeste na sua glória.
Ele sonda o abismo e o coração e penetra nos seus mais íntimos segredos.
Porque o Altíssimo possui toda a ciência e vê claro nos sinais dos tempos. Ele anuncia o passado e o futuro e revela os mistérios escondidos.
Nenhum pensamento Lhe passa despercebido e nem uma só palavra se Lhe pode esconder.
Dispôs harmoniosamente as maravilhas da sua sabedoria, porque só Ele existe desde sempre e para sempre.
Nada Lhe pode ser acrescentado nem tirado, nem precisa de nenhum conselheiro.
Como são belas todas as suas obras, apesar de não entrevermos senão uma centelha!
Todas vivem e permanecem para a eternidade e em todas as circunstâncias Lhe obedecem.
Todas as coisas seguem duas a duas, lado a lado; porque Ele nada fez incompleto.
Cada uma contribui para o bem da outra. Quem se cansará de contemplar a sua glória?




Comentários no Facebook:

comments