«Eis que chegou a hora em que o Filho do homem deve ser glorificado» (Jo 12,23). Já o tempo se aproxima, diz Jesus, em que serei glorificado diante de todos. E acrescenta: «Em verdade, em verdade vos digo, se o grão de trigo não cair na terra e não morrer, permanecerá só; se morrer, dará muitos frutos.» […] Depois destas pregações acerca de Si mesmo, Jesus exorta os seus discípulos a imitarem-No: «Quem ama a sua vida, perdê-la-á», diz, «e quem não se prender a ela neste mundo conservá-la-á para a vida eterna.» Portanto, não só a minha paixão não vos deve escandalizar nem fazer-vos duvidar das minhas palavras, que os acontecimentos hão-de confirmar, mas deveis estar, vós também, prontos para suportar os mesmos sofrimentos, para poderdes dar os mesmos frutos. Porque aquele que parecer preocupar-se com a sua vida terrena e não quiser submetê-la às provações, perdê-la-á no mundo que há-de vir; ao passo que aquele que dela se separar no mundo presente e a submeter aos sofrimentos que vierem, recolherá numerosos frutos. […]

Em seguida, diz simplesmente: «Se alguém Me quiser servir, siga-Me.» Se alguém quiser ser meu servidor, mostre com os seus actos que quer caminhar após Mim.

Mas (poderíamos perguntar-lhe) que ganharão os que sofrerem contigo? E Ele responde: «Onde Eu estiver, aí estará também o meu servidor. Se alguém Me servir, meu Pai o honrará.» Aquele que tomar parte nos meus sofrimentos participará igualmente da minha glória; estará comigo eternamente no mundo que há-de vir e partilhará a minha alegria no reino dos Céus. Eis como meu Pai honrará os que Me tiverem servido com fidelidade.




Comentários no Facebook:

comments