Job tomou a palavra e disse aos seus amigos:
«Na verdade, eu sei muito bem que é assim: como pode um homem ter razão contra Deus?
Se ele quisesse discutir com Deus, nem uma vez em mil poderia responder-Lhe.
O coração de Deus é sábio, a sua força é grande: quem se Lhe opôs e saiu ileso?
Ele desloca as montanhas sem elas saberem e as derruba no seu furor.
Sacode os alicerces da terra e abala as suas colunas.
Dá ordens ao sol e ele não nasce e põe um selo sobre as estrelas.
Sozinho Ele estende os céus e caminha sobre as ondas do mar.
Criou a Ursa Maior e o Orion, as Plêiades e as Constelações do Sul.
Faz prodígios insondáveis e maravilhas sem conta.
Se vier junto de mim, não O vejo, se passar a meu lado, não O sinto.
Se apanhar uma presa, quem Lho impedirá? Quem Lhe dirá: ‘Que estais a fazer?’.
Como iria eu então responder-Lhe e encontrar argumentos contra Ele?
Embora eu tivesse razão, não devo replicar, só tenho de implorar Àquele que é meu juiz.
Ainda que eu O chamasse e Ele me respondesse, não tenho a certeza de que escutasse a minha voz».




Comentários no Facebook:

comments