Que representam os dez leprosos, senão o conjunto dos pecadores? […] Quando Cristo Nosso Senhor veio, todos os homens sofriam de lepra da alma, mesmo que nem todos estivessem fisicamente doentes. […] Ora, a lepra da alma é bem pior que a do corpo.

Mas vejamos a continuação: « Conservando-se a distância, disseram em alta voz: “Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!”» Esses homens mantinham-se à distância porque não ousavam, tendo em conta o seu estado, avançar para mais perto dele. O mesmo se passa connosco: enquanto permanecemos nos nossos pecados, mantemo-nos afastados. Portanto, para recuperarmos a saúde e nos curarmos da lepra dos nossos pecados, supliquemos com voz forte e digamos: «Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!» Esta súplica, no entanto, não deve vir da boca, mas do coração, porque o coração fala mais alto. A oração do coração penetra os céus e eleva-se até ao trono de Deus.




Comentários no Facebook:

comments