WASHINGTON DC, 27 Abr. 16 / 08:00 pm (ACI).- Causou repúdio entre os cidadãos uma grotesca manifestação do grupo Templo Satânico, a qual apareceu em meio a um protesto pacífico pró-vida do lado de fora de uma clínica abortista da transnacional Planned Parenthood nos Estados Unidos.

ADVERTÊNCIA: As imagens são fortes e podem ferir a suscetibilidade do leitor.

O fato ocorreu no último sábado, 23, quando um grupo de pessoas da Pro-life Society protestava ante uma clínica da Planned Parenthood em Detroit – um ato repetido em diferentes lugares dos Estados Unidos, convocado através da hashtag #protestpp –, enquanto recordavam que a transnacional é acusada de traficar órgãos de bebês abortados em suas instalações.

De repente, aproximadamente dez membros do Templo Satânico se aproximaram do lugar e iniciaram uma estranha representação na qual a maioria colocou uma máscara de bebê, onde um batia no outro com chicotes e colocavam talco e tomavam leite em garrafas ou mamadeiras grandes.

Junto a este grupo havia outros dois jovens vestidos de sacerdotes que pareciam imitar o que fazem os presbíteros na liturgia.

Acerca deste acontecimento, disseram que “a ação procurava expor a idolatria fetal” dos ativistas pró-vida e como estes últimos costumam fazer “propaganda” negativa dos promotores do aborto.

Em julho de 2015, o mesmo grupo satanista inaugurou uma escultura dedicada ao diabo em um banco abandonado no centro da cidade, a qual gerou o rechaço dos fiéis cristãos e do Arcebispado local.

A imagem foi elaborada em bronze, mede quase três metros e pesa uma tonelada. Representa a Baphomet, um ídolo em forma de cabra humanoide com asas, carrega o báculo de Asclépio no ventre e uma tocha entre seus chifres. A imagem custou 100.000 dólares e é usada em rituais satânicos.

No mesmo ano, o Templo Satânico também reuniu milhares de dólares para financiar uma batalha legal em favor do “direito ao aborto” e evitar que suas adeptas gestantes pudessem desistir deste procedimento.

A respeito da manifestação dos satanistas no dia 23 de abril, a ‘Pro Life Society’ afirmou que “Planned Parenthood deveria estar muito envergonhada de que estes tipos de pessoas defendam a sua organização”.

“É bastante óbvio que os satanistas estão a favor do assassinato dos não nascidos”, ressaltaram.

Confira também:




Comentários no Facebook:

comments