Católicos nos EUA ainda conservam as taxas mais baixas de divórcio

WASHINGTON DC, 07 Out. 13 / 01:43 pm (ACI/EWTN Noticias).- Um estudo revelou que apesar de contar com taxas de divórcio significativas, os católicos nos Estados Unidos têm menos probabilidades de divorciar-se que aqueles que professam outras religiões.

“Embora as taxas de divórcio dos católicos sejam menores que a média de divórcios nos Estados Unidos, a cifra continua sendo desalentadora”, informou o Centro de Investigação Aplicada ao Apostolado da Universidade de Georgetown em Washington DC.

Em 26 de setembro, o grupo de investigação explicou no seu blog oficial que o divórcio entre os católicos “representa mais de 11 milhões de pessoas”, muitas das quais “provavelmente estejam precisando de um maior alcance e contínuo ministério da Igreja“.

Agora “os católicos representam 28 por cento dos casais que se divorciaram”. 40 por cento do resto não tem filiação religiosa, 39 por cento se confessa protestante e 35 por cento de outra confissão religiosa.

Segundo as cifras, os católicos que se casam com outros católicos também têm menos probabilidades de divorciar-se que os católicos casados com pessoas de outras religiões.

Uma pesquisa realizada em 2007 pelo Centro de Investigação Aplicada ao Apostolado estimou que só 27 por cento dos católicos casados com outros católicos se divorciou alguma vez, em comparação com cerca da metade dos casamentos de católicos casados com protestantes ou os cônjuges com nenhuma crença religiosa.

Do mesmo modo, diminuíram os casamentos celebrados na Igreja Católica. Em 2011, segundo o relatório, menos de oito por cento das cerimônias aconteceram em um templo católico.

O relatório assinala que 49 por cento das solicitudes de anulação que se apresentaram na Igreja a nível mundial no ano de 2011 aconteceram nos Estados Unidos.




Comentários no Facebook:

comments