«Clericus Cup», a liga dos sacerdotes

CIDADE DO VATICANO, segunda-feira, 18 de dezembro de 2006 (ZENIT.org).- Os sacerdotes e seminaristas que estudam em Roma deixarão a sotaina ou o clergyman durante algumas horas para calçar as chuteiras de futebol e disputar no ano 2007 a «Clericus Cup».

Trata-se do primeiro campeonato por times formados por religiosos, seminaristas ou sacerdotes, uma idéia do secretário de Estado, o cardeal Tarcisio Bertone, segundo informou o jornal esportivo «La Gazzetta dello Sport».

A «liga clerical», idealizada pelo cardeal Bertone, especialista e apaixonado por futebol, que sendo arcebispo de Gênova comentou para a rádio algumas partidas do campeonato italiano, está programada de fevereiro a junho do ano que vem.

Contará com 16 times, inclusive um em representação da Santa Sé, que em uma primeira fase se dividirão em dois grupos. A última fase, por partidas de eliminação, acontecerá a partir das quartas de final.

A primeira edição da Copa acontecerá em Roma, com seminaristas que estudam na cidade eterna e com sacerdotes que desempenham seu ministério nela. A partir de 2008 se prevê a participação de outras regiões.

As partidas, programadas em dias de trabalho para que não afetem os serviços religiosos do domingo, acontecerão em dois tempos, de trinta minutos cada um (os profissionais jogam 45 minutos), para que os sacerdotes um pouco mais velhos possam manter o ritmo do jogo, revela o diário italiano.

Os seminaristas africanos, alguns dos quais jogaram como profissionais em seus países, são considerados os mais «atléticos»; enquanto que os brasileiros e os argentinos são definidos como os mais «técnicos», segundo os sacerdotes-treinadores.




Comentários no Facebook:

comments

Veja tambem  Bebê moribundo protagoniza lição sobre o valor da vida