1. Do mestre de canto. De Iditun. Salmo. De David.

2. Eu disse: «Vou vigiar a minha conduta, para não pecar com a língua; vou tapar com mordaça a minha boca, quando o injusto estiver presente».

3. Eu permaneci em silêncio. Contive-me para não falar, e a minha dor tornou-se intolerável.

4. Por dentro, o coração queimava-me. Ao pensar nisto, o fogo inflamava-se. Então soltei a minha língua.

5. «Mostra-me o meu fim, Javé, e qual é a medida dos meus dias, para eu saber quanto sou frágil.

6. Olha: os dias que me deste são um palmo apenas, e a minha duração é um nada diante de Ti. Sim, todo o homem não passa de um vazio, todo o homem é apenas aparência.

7. O homem vai e vem como sombra, e labuta por um nada: amontoa, e não sabe quem vai recolher».

8. E agora, Senhor, que posso esperar? Em Ti se encontra a minha esperança.

9. Livra-me de todas as minhas transgressões, não me deixes como ultraje para o insensato!

10. Eu calo-me e não abro a boca, pois quem vai agir és Tu!

11. Afasta de mim a tua praga, pois eu sucumbo ao ataque da tua mão!

12. Castigando o erro, Tu educas o homem, e como traça Tu róis os seus tesouros. Os homens todos são apenas um sopro!

13. Javé, ouve a minha prece! Dá ouvido aos meus gritos! Não fiques surdo ao meu pranto: porque sou teu hóspede, inquilino como os meus antepassados.

14. Afasta de mim o teu olhar, e deixa-me respirar! Antes que eu me vá, e deixe de existir!








“Não queremos aceitar o fato de que o sofrimento é necessário para nossa alma e de que a cruz deve ser o nosso pão cotidiano. Assim como o corpo precisa ser nutrido, também a alma precisa da cruz, dia a dia, para purificá-la e desapegá-la das coisas terrenas. Não queremos entender que Deus não quer e não pode salvar-nos nem santificar-nos sem a cruz. Quanto mais Ele chama uma alma a Si, mais a santifica por meio da cruz.” São Padre Pio de Pietrelcina

Newsletter

Receba as novidades, artigos e noticias deste portal.